Meu herói


Não precisa confirmar ou negar, mas é certo que há muitos atores do ecossistema dos negócios, inclusive o de franquias, sonhando com um herói que salve seu negócio; alguém vai trazer uma solução que aumente o faturamento e reduza os custos, vai aparecer aqui um time treinado que encante o meu cliente, um az que me ensine a falar com meu franqueado ou com a franqueadora ... fantasias que são frutos de uma consciência empreendedora anestesiada, da falta de protagonismo.


Quando um empreendedor aposta suas fichas em soluções hipotéticas que virão de terceiros, de heróis, ele já assumiu a condição de vítima e nesta condição, não há espaço, força ou instrumentos para uma virada de resultados.


Terreno estéril para resultados, o vitimismo pode parecer vantajoso à primeira vista, pode gerar no empreendedor uma sensação de conforto, de que não há para ele culpa ou críticas e isso só piora a situação do negócio. Já na contramão do vitimismo, o protagonismo desloca o herói do negócio de fora para dentro, traz ao empreendedor a consciência para que ele busque as condições para virar o jogo nos seus resultados.


Um protagonista no cenário dos negócios é facilmente identificado no meio da multidão. Ele aparece, pois sai na frente, busca e não espera, propõe e não apenas critica, gera as oportunidades que ainda não apareceram. De um protagonista deve se esperar que ele seja promotor de ideias e atitudes, desenvolvedor de pessoas e soluções, mantenedor de altos resultados.


O protagonismo visto assim na perspectiva de um raio x pode nos levar à conclusão de que o empreendedor protagonista é um escolhido, dotado do dom de desbravar, e até o é em algumas situações, mas de uma maneira geral o protagonismo é uma competência, pode ser adquirido, desenvolvido e exercitado.


Para o CHA que faz do empreendedor um protagonista, indico como ingredientes de conhecimento o pleno domínio dos papéis e responsabilidades de cada um na operação do negócio e ainda a total fluência nas ferramentas necessárias para esta operação; como ingredientes de habilidade, indico as de relacionamento: persuasão, negociação, empatia; como ingredientes de atitude, indico a positiva e a persistente, será preciso fazer e refazer; antes de dar certo, dará errado e um protagonista tenta até acertar.


Que tal se preparar para ser o herói que o seu negócio precisa?


Me conta dos seus resultados, ok?


Te desejo coragem e sucesso!

Raquel Castro


__________________________________________________________________________________

Sobre a autora


Raquel vem desenvolvendo pessoas no varejo há mais de 20 anos; é fundadora da RC Coaching & Educação Corporativa, Gestora de RH, Especialista em Gestão de Varejo; Analista Comportamental com certificação internacional, Executive Coach Membro da Sociedade Brasileira de Coaching e Coordenadora de Desenvolvimento Humano no Grupo de Excelência em Franquia do CRA/SP. Esta qualificação é aplicada para dar vida ao seu firme propósito de facilitar o caminho de pessoas e empresas até o sucesso, potencializando talentos.


Entre outras plataformas de desenvolvimento, Raquel é Idealizadora da Mentoria GEF (plataforma de desenvolvimento técnico e comportamental para franqueados), da Mentoria #Virandoojogonovarejo (plataforma de desenvolvimento teórico e prático para gestores do varejo) e da plataforma Liderança IMPAR (Programa de Desenvolvimento para Líderes que associa análise comportamental e técnicas de coaching para desenvolvimento das habilidades de liderança). Como facilitadora e palestrante, ela acumula mais de 15 anos de experiência, atuando em eventos de Universidade Corporativa e no âmbito acadêmico; conduzindo inúmeros cursos, workshops e palestras. Na área acadêmica, Raquel compartilha sua experiência ministrando aulas em cursos de MBA e pós graduação.

Conheça mais sobre a Raquel em www.raquelcastro.net

© 2020 por Grupo Latino Americano de Franquias

  • Instagram - White Circle