Como evitar erros comuns em franquias internacionais ?






Quantas vezes somos tentados como franqueadores, com um cheque de uma quantia substancial, para liberar um franqueado a desenvolver um território? "Aceitamos o cheque agora e posteriormente tentamos criar um sistema de apoio...".


Embora pareça óbvio, a falta de planejamento é a causa de muitos erros devastadores no processo de expansão internacional.


Há um ditado atribuído ao Sr. John W. Bergman, que diz que "nunca há tempo suficiente para fazer bem feito, mas há sempre tempo para fazer novamente."


Os planos podem assumir muitas formas, mas devem ser desenvolvidos pelas franquias internacionais experientes. Caso contrário, a imposição de regras do país de origem será o primeiro erro.


Este pequeno artigo não pretende lidar com todos os detalhes, mas o plano de desenvolvimento internacional deve incluir pelo menos os seguintes pontos:


Nosso conceito está pronto para a expansão fora do nosso país?


A indústria de franquia é baseada na aquisição de um sistema já comprovado. Seu conceito é viável e tem recursos sólidos em sua organização para apoiar as operações internacionais?

Será que temos uma infra-estrutura de suporte para os franqueados?


Há também muitos casos de franqueadores que aceita este cheque tentador sem realmente um plano para apoiar o novo franqueado.


Em quais países deveríamos nos concentrar?


Quantos franqueadores baseiam sua seleção de novos mercados na primeira pessoa tocando sua porta? Uma estratégia de "pró-ativa", em que o franqueador faz uma seleção minuciosa e uma priorização exaustiva, usando critérios que são apropriados para o seu próprio tipo de negócio, é o melhor.


Como recrutaremos o perfil adequado dos franqueados?


O franqueador deve procurar um grupo de candidatos qualificados. Existem muitos canais que podem ser utilizados em uma série de anúncios em publicações ou redes sociais, a contratação de consultores especializados neste campo, como o Grupo Nexo Franquicia.


Você nunca sabe qual dos vários canais resultarão o melhor em um determinado caso, mas é apenas um conselho.


Quanto custará tudo isso?


Outro erro é subestimar ou não estimar o que poderia custar o processo de expansão internacional. Além do sistema de apoio mencionado acima, há também os custos legais, leis fiscais, proteção da propriedade intelectual e muitos outros assuntos.


Como podemos evitar ou pelo menos reduzir os erros na expansão internacional?


Uma palavra: planejamento. E aprenda com aqueles que já têm experiência. Se sua empresa ainda não está pronta para comprometer-se com uma despesa fixa de pessoal para apoio internacional, contrate consultores especializados para garantir que o plano seja o melhor para o seu próprio negócio.


“Os planos podem assumir muitas formas, mas eles têm de ser desenvolvidas pelas franquias internacionais experientes. Caso contrário, a imposição de regras do país de origem será o primeiro erro."


Se você ainda tem dúvidas sobre expansão internacional de negócios, vamos conversar sobre o assunto! Entre em contato com os nossos consultores do Brasil para mais informações.

© 2020 por Grupo Latino Americano de Franquias

  • YouTube
  • Instagram - White Circle
logo-abf-280.png